segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Promessa

 

  Aqui, com as estrelas por testemunha, prometo amar-te na alegria e na tristeza.
 Quando me compreenderes e quando esquecer de usar palavras doces.
 Nos dias de nossas férias tão esperadas e com carinho planejadas, e nos dias que nossas contas chegarem, e nossas finanças estiverem no vermelho.
 Prometo amar-te quando estiveres deslumbrante, e amar-te quando estiveres descabelado, ranhento e com o humor vulcânico encorajando-me a manter uma distância segura.        Queria prometer-te o sol, a lua, a felicidade e todo o amor e beleza de suas poesias. Mas não poderei dizer-te o que não sei. Nem prometer-te o que não tenho. Mas prometo oferecer-te a cada manhã um novo começo.
 Prometo assumir sua imperfeição, e ofereço-te a minha. Certa de que só alguém especial como você, é capaz de fazer algo tão imperfeito como eu, funcionar ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário