quinta-feira, 20 de março de 2014

Madrugada



Na madrugada penso nos planos que ficaram para trás
Quantas coisas por sonhar...
Os dias vão correndo
E o tempo escorre entre os dedos.
Não entendo porque te conto isso
A inocência que levo comigo
Me deixou ao vê-lo...
Quero acordar desse terrível pesadelo 
Porque deve ser pesadelo essas horas más
Madrugada tão longa
Parece nunca amanhecer
Essas longas horas
Devoram as ilusões que eu trazia aqui dentro.
Gostaria de conversar contigo
Até que o sol volte a brilhar,
Quero sua angustiosa calma
Até os dias de bonança.

sexta-feira, 14 de março de 2014

O Menino e o Banco



Ele está sentado no banco do tempo
É um soldado do amor que saiu ileso
De suas batalhas poderosas
Pensa na paz
Pensa na coragem
Pensa em como se livrar das companhias de seus amigos
E pensa no sentimento de amor
E como se tornou inútil para ele.
O sinal que anuncia seu retorno
Toca,
E nem por isso lhe chamou a atenção
E o vento leva seu olhar
Para o mundo dos sonhos
E continua lá, sentado
Sozinho,
Distraído
Sentindo talvez,
O mesmo que eu...



quarta-feira, 12 de março de 2014

Nostálgica



Não sei mais onde me esconder
De tudo que me faz lembrar você
No vento ouço sua voz
Como uma história esperando por nós

Sem noites de planos, sonhos e estrelas
Imagens de sua face deixa em meu coração sequelas
Tão fixo em minha mente
Anseio ver-te frente a frente.

Ao olhar seu rosto acredito encontrar
um caminho a me levar
longe da ironia
desta terrível agonia

Avançando a noite sinto me bater
Esses versos que criei
Para você

Se você sabe onde me procurar
Se sabe como me encontrar
Faça verdadeiras minhas esperanças
Me abrace em suas lembranças

O sol aparece apagado
Entre este céu nublado
Escrevo seu nome no ar
Para com o vento, possa te alcançar

Quando dizes que tudo ficará bem
Acredito em você
E em mais ninguém...




Súplica


Tu que não escondes a face
De meus pedidos,
Ouve esta minha súplica gentilmente

Conceda-me pedir-te
Para mostrar a ele
A sua bondade.
Cuide-o, Senhor!
Proteja-o.
Ame-o.

Ele é como um amor
Que tanto esperei.
Como um alguém que tanto pedi ao Senhor.
Entre os amigos, o mais precioso.
É um amor que nunca vivi...

Os dias correm tão ligeiros;
Os anos passam tão veloz;
O tempo não volta atrás, Senhor
Nunca mais.

Ele é tão jovem ainda
Já sofreu muito;
Dê-lhe amor
não o negue isso, Senhor!
Ele precisa ser amado e amar.

Cuide-o
Proteja-o
Sinto que ele estando seguro,
Assim segura estarei eu também, Senhor.